segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

FIM-DE-SEMANA

Há uns tempos a Kika tinha-me dito que tinha uma consulta em Lisboa e eu, quando verifiquei que coincidia em dias em que estava sem os miúdos, resolvi logo que também ia. Depois fiquei com um PROBLEMA… Como vou, se tenho aulas na 6ª feira? Sendo eu uma pessoa que arranja logo SOLUÇÃO para as coisas que me interessam, resolvi arranjar também uma consulta para mim... Marquei para o oftalmologista com o objectivo de ver se poderia ser operado aos olhos. Apesar de ter pouca graduação, e da maioria das pessoas não usar óculos com esta falta de vista, o que acontece é que eu uso e NÃO quero usar...

Sendo suposto ter acordado por volta das sete da manhã na 6ªfeira, às quatro já eu estava a pé à procura das coisas para meter na mala, porque tinha ficado de estar em casa da Kika às 8.30h. Com a minha mania de deixar tudo para a última hora, foi no que deu...

Chegámos, fomos à consulta e começo logo eu a ficar desvairado a pensar que o médico me ia dizer que não podia ser operado. Lá perguntei trinta por uma linha ao Senhor Doutor, fiz tudo quanto havia de exames para fazer (foi só um: topografia à córnea, parece é sempre bem dizer que se fizeram milhares de exames) e aguardei na sala de espera que fosse novamente chamado ao consultório para receber o resultado dos exames. MARAVILHOSOS! Operação dia 21 de Fevereiro!!!

Depois fomos almoçar, a seguir fui fazer tempo para o Saldanha enquanto a Kika se despachava da consulta dela e lá fomos à procura do hotel. Para que hotel fomos nós???? Para um do género daqueles onde eu fiquei nesta última viagem, baratérrimos, no BAIRRO ALTO, ao pé de tudo o que interessava... Qual o problema??? Pooooooooooooooooooiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiisssssssssssssss, havia um problemazito PEQUENININHO. Como fizemos as reservas sem a antecedência suposta, já só havia quartos disponíveis com quatro camas... sendo que a Kika nunca tinha ficado instalada em hotéis nestas condições... LOL

Mal entrámos, ficámos logo a conhecer um dos fulanos que iria ficar connosco no quarto. De poucas falas o rapaz... O quarto até era jeitosinho, com dois beliches, uma mesa de jantar, cozinha e casa de banho. Nós escolhemos onde queríamos dormir e o alemão ficou numa das camas que sobraram. Quando se diz que nós escolhemos, entenda-se que EU escolhi, a kika dormiu na cama de baixo e o alemão...


Saímos, jantámos no CHIADO e fomos para o teatro. Mortos de sono! O que salvou é que eu gosto imenso do actor e era uma comédia, logo havia sempre o barulho de fundo das gargalhadas. Adorei, é claro! Eu gosto sempre de TEATRO.

À noite, quando chegámos ao quarto, o alemão que nós já tínhamos conhecido já estava na cama a dormir (ou a fingir que dormia). Supostamente nós deveríamos dormir também, não houvesse uma série de assuntos pendentes e inadiáveis a tratar, nomeadamente consultar a net e debatermos um monte de outros assuntos que não podiam esperar pelo dia seguinte, sob pena de perderem o prazo de validade. Este é sempre o nosso problema (neste caso, o problema maior era do alemão): nunca eu e a Kika temos falta de assunto…

Pouco tempo depois chega outro alemão que também ia dormir ali no quarto. O coitado nem espaço tinha para se sentar a não ser na parte debaixo do seu beliche pois, como é óbvio, eu e a Kika já tínhamos monopolizado tudo, além de termos as luzes acesas e não estarmos 5 segundos consecutivos calados… Ao fim de um monte de tempo lá fomos para a cama e o segundo alemão também aproveitou a oportunidade. Bem aproveitada, pois na manhã seguinte, perto das oito já nós estávamos com luzes acesas, computador ligado e a fazer a nossa vida quase normal como se estivéssemos sozinhos no quarto. Despachámo-nos e FEIRA DA LADRA connosco. Gostei, mas pensei que era muito maior e diferente das feiras de velharias que existem aqui no Algarve e que eu costumo frequentar não só para comprar, mas também para vender. Não comprei quase nada: uma carteira para a Maria meter os 1,05 € para o lanche na escola e um cinzeiro anos 70´s para enfeitar a minha secretária (digo eu, não vá a aNag achar que é para meter noutro sítio qualquer).

A seguir fomos ao CCB fazer qualquer coisa que eu já não me lembro o que foi e depois apanhar sol para os JERÓNIMOS. Depois voltámos para o Chiado. Andámos, andámos, andámos… Adoro o chiado!
Jantámos no Bairro Alto e depois andámos pelas lojinhas e pelos bares. Acabámos por ficar o resto da noite num bar na Rua da Barroca, o MARIA CAXUXA! Quando voltámos ao hotel, já os dois alemães dormiam. Quase que ficámos sem muita coragem de fazer barulho… De manhã quando acordei, não sei como foi aquilo, mas um deles já tinha desertado embora o outro ainda estivesse na cama. Claro que por pouco tempo, pois nós não perdemos tempo…

Eles acordavam, saíam do quarto, esperavam que nós saíssemos e passadas 2 horas lá deviam voltar para os afazeres deles. Óbvio que nunca tiveram a cara de pau de tomar banho antes de nós ou outra qualquer coisa despropositada.

Fomos para a BRASILEIRA tomar café, passeámos e fomos para o Colombo porque eu queria ir à Área ver as novidades e a Kika comprar não sei o quê. Pronto! Ficou tudo estragado. Sempre arranjo um monte de coisas para comprar e para me gerar uma crise de nervos a posteriori ao constatar os rios de dinheiro que gastei.


À noite voltámos para casa.

ADOREI o fim-de-semana. Engraçado como consegui morar cinco anos em Lisboa e não ligar a nada às coisas que hoje em dia ligo. Antigamente, alguma vez me passava pela cabeça parar para olhar para as casas, miradouros, calçada, rio, arquitectura dos bares… LISBOA É LINDA, e eu só reparei nisso há pouco tempo…

BEIJOS E ABRAÇOS


10 comentários:

Kika disse...

Como estratégia para cativares a minha atenção foi bom teres-me dito que ias escrever e mencionar o meu nome.
Foi tambem inteligente da tua parte mencioná-lo várias vezes, porque assim tive de ler tudo a ver se a escrita correspondia à verdade ou se nalgum delírio momentaneo te encarregavas de pintar a realidade com as tuas cores.
Eu conheço-te!
Não sei se gostei de ser tão mencionada, passou aquilo que é impossivel esconder...que sou boa pessoa e tenho uma paciência infinita para te aturar.
Com certeza terei muitas pessoas a solidarizar-se comigo conduidas pela minha triste sorte.
Devem pensar...tadinha da pequena!

E mais, senti-me um bocadinho verbo de encher, como se não tivesse sido uma viagem decidida a dois.

Acresce o facto da autoria de algumas fotos ser minha e lendo e relendo todo o post, não encontrei uma única referência ao assunto....


Kika

Andarilho disse...

P/ Kika: Foi tudo o que eu não quis fazer passar neste post e foi isso que possivelmente passou...
:(

Não podia falar do fds sem te mencionar, não te queria mencionar sem invadir a tua privacidade, uma vez que também não tens culpa de eu fazer um blog onde volta e meia me dá na cabeça fazer um diário...

Como te disse, isto acabou por condicionar muito este post, não passou aquilo que de facto me fez gostar do fds que foi o tê-lo passado contigo...

BJ

P.S. Caso não tenhas reparado, tão preocupada que estavas em contar o número de vezes que aparecia o teu nome, acabaste por não comentar o conteúdo do post propriamente dito... Não me digas que te esqueceste de ler?????

Outro Bj

Anónimo disse...

Caro amigo,
tu és mesmo único e bem humorado porque se fosse comigo expulsar-te-ia do quarto.....coitadinhos do alemães...isso faz-se?

Há bem pouco tempo, passei por Lisboa e, para surpresa minha, adorei, adorei! Sim é uma cidade linda, mas é preciso percorrer as ruelas senão resume-se a transito caótico....
beijos

Andarilho disse...

P/ Anónimo: É preciso percorrer as ruelas e estar-se disponível para observar. Quantas vezes passamos pelas coisas sem as ver?

Bj

Kika disse...

Não tinha mal....urso!
Não te preocupes com a minha privacidade.
Continua a existir mesmo que exposta.
E já te disse e redisse, não condiciones o blogue a nada nem a ninguém, não faz sentido...o blogue é teu.
Escreve com liberdade....a espontaneadade torna tudo muito mais genuíno e interessante.

Beijo,

Kika

Andarilho disse...

P/ Kika: Depois não te queixes...

be disse...

confesso qúe é impensavel não te esptreitar!uma escapadinha faz parte...
um fim de semana agradável em que a companhia foi boa,a foto no jardim compreensivel..o cansaço,lisboa sem dúvida que é muito interessante,uma linda cidade,se a olharmos e sentirmos em simultaneo!
mas dormir com dois alemães desconhecidos não sei não...

beijos







Andarilho disse...

P/ Bé: Eu gosto de ser espreitado aqui (só aqui).
Quanto aos alemães:... poiiiiiiiiiiiiiiissssssssssss... LOL

Bj

J disse...

Então estiveste em lisboa e nao deste notícias... nao foi bonito! Ainda por cima ate podiamos ter trocado umas figurinhas sobre as operações aos olhos, sim porque nisso até tenho alguma experiência.
Oh francamente. Para a proxima ve la se dizes alguma coisa!
Abraço

Andarilho disse...

P/ J: Por acaso o Senhor esqueceu-se que me disse que iria estar ausente durante todos os fins-de-semana até Fevereiro? Não bastasse isso, também iria estar ocupadíssimo durante a semana nos próximos tempos?
Para a próxima veja lá se se desocupa quando eu vou a Lisboa!
Abraço.