domingo, 16 de março de 2008

VELHARIAS


Já desde Novembro que não ia vender para a feira das velharias, coisa que adoro. Hoje resolvi ir vender o computador velho da minha Maria (a pequena). De qualquer forma tenho um monte de outras coisas para vender e, é claro, também as levei.

Na minha banquinha vende-se de tudo. Tudo ao desbarato. A única excepção era o pc que era do mais caro que podia ser. Tinha pensado em pedir 150 euros, uma vez que englobava um monte de coisas: torre, ecrã, rato, fios, teclado. Ai meu Deus, agora é que vi bem... Com tanta coisa e eu só estava a pedir por ele 150! Eu não digo que vendo tudo ao desbarato???
Não se poderá dizer que o dia terá começado muito bem. Deveria ter acordado às 6 da manhã pois ainda tinha que ir levar os meninos à casa da Pat (mudança de quinzena) e arrumar os tarecos para vender. Também tinha que chegar ao recinto da feira antes das 8h, que é a hora limite para que se entre no recinto com o carro. Como se sabe, eu não poderei dizer que planifico e faço as coisas a tempo e horas... Assim sendo, seria hoje de manhã que eu iria preparar tudo. O problema é que ontem à noite, quando eu me preparava para colocar o despertador, fui importunado pela Maria (a grande) que, para variar, me tirou do sério. Com a irritação de acabar tudo pela milésima vez, esqueci-me da porra do despertador. Acordei então hoje, por acaso, às 7.10 h. Um stress!!!!!!! Sempre vivo nestes stresses como se sabe, mas não me habituo nem por mais uma. Tomar banho eu e o Gongom ao mesmo tempo, de seguida a Maria que nunca mais se despachava porque queria deixar actuar a máscara do cabelo os cinco minutos que dizem na embalagem. Eu desvairado, a ver que ainda nem tinha as coisas para vender arrumadas e nisto a Regina (colega tendeira) a tocar-me à campainha a dizer para descermos. Bem, lá saímos numa correria desgraçada directos para a feira a tempo de entrarmos no recinto com o carro para descarregar as coisas e voltar a sair. Deixei as coisas no meio do meu espaço, a Regina a cuidar delas, fui deixar os meninos a casa da Pat e cheguei (para conquistar o munnndoooo, vocêeee seduz e vai bem fundooo, você é assim e nunca é demais, o que mamãe falou não vale mais nadaaa, não vale nadaaaa, pega, brinca, ....) disposto a vender e a voltar sem nada, a não ser os sacos azuis vazios do Ikea (que utilizo para transportar os artigos) e rios de dinheiro.
Expus tuuuuudo em cima de um lençol e de um tapete, deixei tuuuuudo aos cuidados da Regina e fui ver o que se vendia nas outras banquinhas. Quando voltei, nada meu tinha sido vendido ainda (sabotagem da Regina que até uma televisão dela já tinha ido por 10 euros).
Tive um monte de gente a parar em frente ao pc e a perguntar-me as características, coisa que eu não sabia responder. Limitava-me a dizer que era jeitosinho e que tinha o Windows XP e que tinha Messenger. Quando dizia o preço iam-se logo embora e nem faziam qualquer tipo de proposta. Pensei, pensei, pensei e resolvi perder a cabeça e iniciar a época de saldos logo às 9 da manhã. Logo a seguir a estes meus pensamentos, apareceu um estrangeiro que me propôs a compra por 80 euros. Vendi por 100. O homem não tinha dinheiro, disse que ia a casa buscá-lo e que eu esperasse. Bem mandado que sou, esperei. Outras pessoas paravam para perguntar, eu a dizer (meio a medo do outro não voltar a aparecer) que já estava vendido e o homem nunca mais voltava com o dinheiro. Acabou por chegar, pagar e levar o pc dizendo que, se não funcionasse o trazia de volta para trocar. Levei o resto do tempo na feira com o coração nas mãos a pensar no regresso do homem que, felizmente, não se concretizou.
O resto das vendas não correu muito bem. Não tendo eu tido tempo de organizar os artigos, levei essencialmente coisas de Inverno. Tinha cachecóis, gorros e camisolas de lã para vender debaixo de um calor enorme. Ainda assim vendi 13 euros de coisas (tudo a 1 euro e a 50 cêntimos). Vendi também molduras.
Depois comprei, a colegas de feira, um cadeirão por 5 euros e uma moldura por 20 cêntimos. Sempre gosto de comprar coisas.
Atrás do meu espaço estava uma amiga que costumo encontrar também nas feiras a vender e no espaço ao meu lado estava outra que tinha uma cara que não me era estranha. Resolvi ir a caminho dela perguntar se nos conhecíamos de algum lado. Disse-me que nunca me tinha visto e eu a insistir que achava que sim. Tanto insisti que sei lá o que já parecia. Entretanto lá me disse que era de Silves, eu disse que também era e depois de eu dizer o meu nome lá disse que se lembrava de mim perfeitamente, mas que não me tinha reconhecido. Estando eu muito mais giro hoje do que há 20 anos, achei a observação normal.
À tarde fui enfiar-me no shopping com a Kika e depois fui para Armação ver o mar.
Fomos jantar a uma Pizzaria e, quando fomos para pagar, não tínhamos dinheiro. A Kika não tinha levantado e eu, jurando que estava com os rios de dinheiro arranjados na feira na carteira, só encontrava moedas. Pensei em aplicar a estratégia utilizada no bar Garota de Ipanema no RJ mas, uma vez que a Kika não se apresentava de cai-cai, fomos perguntar à Senhora se tinha multibanco. Não tinha. Ficámos sem saber o que fazer, quando a senhora olha e diz-me que eu tinha um monte de notas no chão. Quando olho, eram as cinco notas de 20 euros do computador ali espojadas. Foi o que nos valeu.
Beijos e Abraços

18 comentários:

Calais Pedro Family disse...

Adorei esta tua cronica acerca de feira. Mas onde e esta feira? Eu adoro vender tralha, mas emais online, na maravilhosa Craigslist, que tem representacao ai em Portugal, mas onde acho que ninguem vende e sobretudo ninguem da nada como aqui e habitual. Fartei-me de ri com a musica da Guerra dos Sexos que eu e a minha irma adoravamos e viamos religiosamente!
Obrigada por me proporcionares estes momentos de riso! E ainda bem que as notas la estavam, espojadas no chao, prontas a pagar o jantar.
Beijinhos da Joao

Anónimo disse...

Muito engraçado,um dia cheio de peripécias,mas dado que és o interveniente principal,não é de admirar...
Bendito computador que foi vendido,e que os eurozinhos perdidos por breves instantes,afinal estavam lá,porque aí,esta história teria outro desfecho.
O qual nem consigo imaginar...?
Beijos

melocoton disse...

Estou feliz por poder comentar algo teu....
Tenho de combinar um dia e ir a essas feiras, preciso de comprar panelas e não as quero caras, por isso, nestas curtas férias, se fores diz alguma coisa.
jinhos

Andarilho disse...

P/ Calais Pedro Family: Obrigado pelo comment (e pelo mail). Estas feiras são ao Domingo em sitios diferentes todas as semanas. Esta última foi em Portimão.
Nunca tinha ouvido falar na Craigslist, mas eu gosto de lá estar a vender "ao vivo", de conversar com quem passa e adoro ir comprar coisas aos "colegas".
:)
Bjs

Andarilho disse...

P/ Bé: Nem eu te iria contar o desfecho aqui, é claro ;)
Peripécias é sempre coisa que não falta na minha vida. Detesto tédio.
Bjs

Andarilho disse...

P/ Melocoton:
E vais adorar as feiras. São a tua/nossa cara. No próximo Domingo serão em Lagoa e Barão de S. João, mas eu não poderei ir. Na de Barão já fui vender e comprar, mas prefiro-a para comprar, a vender.
Não vás já com a ideia de que lá vais encontrar panelas para comprar. Quando se quer uma coisa, nunca há. É mais giro comprar o imprevisto. Eu acho!
Bjs

Anónimo disse...

Finalmente vendeste o pc... já não te podia ouvir falar desse bendito pc... ainda assim, continuo a achar que devias ter pedido 200€... ficaste a perder metade do dinheiro, que bem sei te faz imensssaaaaaaa falta, "tá a ver?"...
Assim, como levas o carro a Marrocos? Ou como vais para Amsterdam?...
Olha, agora desenrasca-te...
Bjs...just me!

Andarilho disse...

P/ Just me:
Estou capaz de te identificar!!! Não sei se fica bem eu andar a responder a uma pessoa que se intitula “just me”! Enfim, eu já estou por tudo nesta vida…

Mudando de Assunto:
Já não me podias ouvir falar??? Julgas que enganas quem??? ;)

Mudando novamente de assunto (sempre assuntos importantes):
E eu lá vou com o meu carro para algum lado? Não sabes que eu sempre me desenrasco à boleia?

Bjs ;)

Anónimo disse...

Respondendo à resposta ao meu comment:

1º: parece-me que "just me" é um nome que diz tudo e ao mesmo tempo, não diz nada... sou apenas eu!... mas se preferires, não comento mais para não teres a "vergonha" (ou sei lá o que sentes) de responder a uma leitora assídua ao teu blog, e que se intitula dessa forma... vê lá, vê...

2º: eu não ando a enganar ninguém!... já tu!?!?!?!?......

3º: bem sei que o meu comment veio tarde demais, pois parece que o teu destino de férias já mudou...é como o vento, e como tudo o resto na tua vida...que muda de minuto para minuto...
Quanto às boleias, também sei que isso é verdade, mas será que consegues arranjar boleia para P....C....????
Boas férias...e dá umas descansadinhas entre ... e ...!!

P.S. Já agora podes agradecer-me por mais um comentário, contribuindo assim para as tuas estatísticas (sim, aquelas que eu estou farta de ouvir, todos os dias, mais que uma vez por dia...há gente muito chata, não há???) ;)

Andarilho disse...

P/ Just me novamente:

1º Apesar de seres apenas tu, tu própria também tens nome, ou já te esqueceste??? Sinceramente não percebo muito bem a razão das pessoas não assinarem aquilo que escrevem. Já te tinha dito isto noutro contexto. Óbvio que eu não teria vergonha de responder, tu sabes que não e também sabes que eu gosto que comentes, mesmo que não gostes e que digas que não gostas do que está escrito.

2º Eu também não ando a enganar ninguém… Não percebi a boca…

3º Já te disse que não gosto de tédio. Também estás farta de saber que eu sou de “cegueiras”, ou seja, basta lembra-me de uma coisa para mudar logo tudo o que me interessava anteriormente e focar-me só naquilo que me interessa no momento.
Para P. C. eu não quero ir à boleia, quero dar boleia ;)

P.S. Vê lá se percebes que eu sei que tu estás tudo menos farta de me ouvir. Assume de uma vez por todas LOL ;)

Anónimo disse...

NÃO GOSTEI!!!!!!!!!!!!!!!
NÃO GOSTEI DE VERIFICAR QUE O MEU NOME É DENEGRIDO NESTE POST!!!!
IMPORTUNAR????????
DESDE QUANDO É QUE EU SOU INOPORTUNA MIGUEL??????!!!!!!
E JÁ TE DISSE MIL VEZES QUE NÃO HÁ
NADA PARA ACABAR PORQUE "ISTO" AINDA NÃO COMEÇOU(QUANDO COMEÇAR NÃO TERÁ FIM).
E POR FALAR EM TIRAR DO SÉRIO,ISSO É ALGO EM QUE TU ÉS PERITO:)
SORTE EU DAR SEMPRE A VOLTA À SITUAÇÃO(EM MEU PROVEITO OU SERÁ EM NOSSO??)

BJOSSS MARIA(A GRANDE););)

Anónimo disse...

Tens de ficar sempre por cima!... (e como já te disse também eu gosto de ficar por cima)...
Desisto!
Bjs, "apenas eu" (mas com nome)

melocoton disse...

Domingo próximo não é uma boa altura para andar em feiras, mas nos seguintes porque não! agora que já tenho onde colocar peças isoladas e "únicas"....

Já percebi que estás a pensar organizar mais uma viagem....não me digas essas coisas, que me deixas deprimida, no entanto ficarei feliz por ler o teu próximo diário de viagem....
jinhos
melocoton

Andarilho disse...

P/ MARIA:
E A QUE PROPÓSITO EU VIRIA PARA O MEU PRÓPRIO BLOG MENTIR? SE ÉS INOPORTUNA, VOU DIZER O QUÊ?
QUEM É QUE ESTÁ SEMPRE A DIZER QUE ESTÁ TUDO ACABADO PORQUE NÃO ESTÁS MAIS PARA ME ATURAR? AH... ACABAR O QUÊ???
POIS...

BEIJOSSSSSSSSSSSSSSS

Andarilho disse...

P/ Just me:
Ok, ainda bem que desistes, já estava saturado.
Fica tu sabendo que eu, por vezes, também não me importo de ficar por baixo ;)

Bjs

Andarilho disse...

P Melocoton: Já tens onde colocar as peças????????? Onde??????????? Aqui perto?????? :):):)

Kika disse...

Caro Andarilho,

Com tanto comentário, este meu deve ser perfeitamente dispensável, mas ainda assim tenho algo a dizer.
Abaixo passo a desenvolver o meu raciocínio.

.Escrevo porque detestei o post (relativiza claro, porque como sabes sou pessoa de ódios fáceis e paixões avassaladoras)
.Escrevo porque não gosto das tuas feiras e acho mal que vás vender coisas. E não me venhas cá com o retrogada...é a minha opinião.
.Escrevo porque foi tudo muito mais giro do que tu pintaste e queria que toda a gente soubesse.
.Escrevo porque resumiste o dia que comigo passaste (giro que foi com riso teu e choro meu à mistura)a uma ida degradante, e a um Domingo à tarde, a um shopping! Como senão tivéssemos mais nada para fazer. Ou como se mais nada tivéssemos feito!!!!!!!!!!
Se me voltas a nomear nestas circunstâncias não sei que te faço!
.Escrevo para dizer....Record?
Record de comentários?
Já reparaste?
Logo tu que nem ligas nada a isso.....

Beijo

Andarilho disse...

P/ Kika:
. Eu sabia que tu tinhas adorado o post. Já te conheço desde os meus 3 meses de idade (ou seja, 3 meses antes de teres nascido)
. Fica descansada que quando voltar convido-te para ires vender. Ainda não o fiz com receio que arranjes uma depressão depois ao verificares que nem dadas as pessoas querem os teus artigos.
. Não ando a escrever tudo o que era giro porque sou uma pessoa altruísta e que penso nos outros. Desta forma depois não têm que encarar a vida de tédio que têm.
. Volto a nomear-te as vezes que me apetecer para depois ver a possibilidade de empregar a expressão "mais do mesmo" que tanto gosto e pela qual me afeiçoei.
. Como sabes não ligo a comments nem a números mas vejo-me confrontado com a fama a toda a hora e este é mais um reflexo da mesma que me vejo obrigado a enfrentar.

Tu não tens pena de teres audiências no teu blog idênticas às que eu obtive na primeira semana? Tens que ser forte...

Bjs