sexta-feira, 2 de maio de 2008

HOJE DEI POR MIM A PENSAR NO QUE MUDARIA NA MINHA VIDA SE PUDESSE VOLTAR ATRÁS.


TENHO TANTAS SAUDADES DE TANTAS COISAS.

SE EU PUDESSE MUDAR NÃO AQUILO QUE VIVI, MAS O QUE ME FEZ MUDAR E DEIXAR DE VIVER AQUILO QUE ME DEIXA TANTAS SAUDADES…


CONTINUO, ATÉ HOJE, A NÃO ME ARREPENDER DE NADA. TUDO O QUE FIZ TINHA QUE TER FEITO.


BEIJOS E ABRAÇOS

4 comentários:

SRRAJ disse...

Já somos dois. Bem-vindo ao clube. Beijo.

melocoton disse...

É migo, Quantas vezes dou por mim a recordar momentos passados e sinto o mesmo!...saudades de tantas , mas tantas coisas! As coisas que vivemos hoje, também deixarão muitas saudades....acaba por ser a lei da vida...

Anónimo disse...

Na maioria das vezes,todos nos envolvemos em pensamentos,recordar sabe tão bem!
Mas quando nos damos conta,essencialmente de momentos extraordináriamente bons,dos quais, já não há qualquer possiblidade de viver,ou reviver...saudades!
Também estou contigo,em relação a não me arrepender do que fiz.
Por outro lado há coisas que talvez,deviam ter sido feitas e não foram...talvez,digo eu agora.
Previlégio termos uma vida,e continuarmos a tê-la,e as saudades vão sempre existindo...
Beijos,

Andarilho disse...

P/ SRRAJ, Melocoton e Bé:

Embora nos possa deixar tristes as saudades, também poderemos pensar que só por termos vivido momentos bons é que as temos. Não há saudades daquilo que não gostamos.