terça-feira, 13 de maio de 2008

O RELÓGIO


Domingo de manhã não pude ir vender para a feira das velharias de Ferragudo porque os espaços já estavam todos vendidos quando a Regina telefonou para a Junta de Freguesia. Assim sendo, restou-me ir comprar...

Antes era um castigo convencer os meninos a irem para a feira, mas agora tenho o Gongom motivado e por isso a Maria lá tem que ir também. Noutros tempos era pior porque tinha os dois contra mim a dizerem que não queriam ir. Na última feira descobriu que se vendiam jogos para a playstation, logo não voltei a ter problemas. Assim, uma vez que tem umas economias que nunca pode gastar no que quer porque eu não deixo (gomas, chupas, chocolates,...), lá vem todo contente para a feira. Acordou-me logo às oito horas, mas lá lhe disse que não era preciso irmos tão cedo e fomos por volta das dez. Sempre arranjo coisas para comprar em tudo quanto é sítio que vou, é claro. Uma vez que ando na miséria, é nas feiras que encontro artigos para gastar o dinheiro sem ficar destroçado a seguir, com peso na consciência, por ter gasto em coisas desnecessárias. Penso sempre que depois, se não gostar, posso voltar a vender e ainda tenho lucro! Foi então o que fiz: gastei 2,5 € em dois bens essenciais: um castiçal a 1€ e um relógio para a parede da cozinha po 1,5€. Perguntei à senhora que vendia o relógio se este funcionava e ela disse que não sabia. Pensei logo que não fazia mal porque havia de funcionar. É a pilhas e é daqueles que faz barulho a cada hora que passa e de meia em meia hora. Adoro estes relógios que dão as horas com barulho. Tenho, além deste, mais dois, mas já consegui dar cabo deles e actualmente nenhum funciona. A GRANDE vantagem deste é que, além de dar as ditas badaladas, é a pilhas. Deste modo poupa-me o transtorno de ter que dar corda todas as semanas. Claro que nunca me lembro e depois, quando vou dar, tenho que os acertar e, enquanto faço isso, acabo por estragá-lo...
Saí da feira em Ferragudo e fui a outra em Lagoa mas já estava doido para chegar a casa para experimentar e ver se funcionava. Dali fui directo ao Modelo comprar pilhas. Quando já as tinha na mão, o Gongom resolve dizer-me que tinha pilhas daquelas em casa e que eu não precisava comprar. Não comprei. Chego a casa e ia endoidecendo. Corremos tudo e ele não sabia das pilhas. Nessa altura lembrei-me que tinha deitado um monte delas fora da última vez que tinha andado em arrumações... Já lhes estava a dizer que teríamos que sair já de casa para ir ao Pingo Doce comprar e eles a dizer que só iam depois de almoçar. Lá se fez o almoço, almoçámos e lá vamos nós. Chegando ao pingo doce, havia tudo quanto era tamanho de pilhas menos o que eu queria. Nem queria acreditar no que me estava a acontecer. Era Domingo, tudo fechado e eu sem pilhas... O relógio a precisar de ser pintado e eu sem saber se o pintava porque podia ser trabalho deitado à rua, não fosse o caso de não funcionar.

Segunda-feira, vindo da escola, fui logo aos Chineses. Chego a casa, experimento a pilha e aquela porcaria não funcionou... Fiquei numa tristeza... Num desgosto... Numa desmotivação... Sem gosto para nada...

Meti logo aquilo de parte.

Hoje resolvi reagir, uma vez que não tenho nada para fazer de mais importante. Amanhã vou tratar de o levar a um relojoeiro, arranjá-lo (se for barato, barato, barato) e pintá-lo. Possivelmente vai logo pintado para o relojoeiro uma vez que estou desejoso de o pintar...

BEIJOS E ABRAÇOS

7 comentários:

Anónimo disse...

Ainda bem que a ti não te faltam as pilhas,porque assim é mais um post á tua medida...
Beijos,

melocoton disse...

Se tinha dúvidas em acordar cedo para ir mercados...acho que estás perto de me convencer.....Avisa-me quando for a famosa próxima feira....

Andarilho disse...

P/ Bé:
Às vezes faltam, mas é raro.
Bj

P/ Melocoton:
A próxima feira é em Portimão no Domingo. Acho que também há na Fuseta, mas eu vou a Portimão.
Bj

SRRAJ disse...

Lol,
vocês completam-se. os miúdos dão-te a volta e vice-versa.
Beijo
Sandra

Andarilho disse...

P/ SRRAJ:

E ainda bem que assim é :):):)

Beijo

melocoton disse...

Ainda não tinha visto o relógio. è giro...vaidoso.
Jinhos

Andarilho disse...

P/ Melocoton:
Andas muito distraída... Quando publiquei o post já tinha a foto do relógio. Já está semi-pintado.
Bj