sábado, 10 de maio de 2008


Se há coisa que eu detesto é ir aos blogs que leio diariamente e ver que não têm nada de novo. Gosto de ler blogs. Alguns mais do que outros, mas tenho muitos nos favoritos que vou todos os dias e que não se resumem a estes cinco que eu tenho aqui ao lado nos links. Fico furioso com a falta de dedicação que as pessoas têm aos seus blogs mas logo depois fico meio (mas só meio) com remorsos por eu fazer o mesmo e não actualizar o meu com regularidade.

Embora comente muitos blogs de desconhecidos, muitas vezes também passo por eles, leio, gosto e não comento. Odeio ter que comentar por obrigação. O facto de não comentar um post não quer dizer que não tenha gostado do que li. Simplesmente não me apeteceu fazê-lo. Eu faço isto com os outros, mas também não gosto (nada) quando sei que lêem o que escrevo e não comentam. Eu tenho por hábito publicar tudo aquilo que me comentam, até hoje nunca rejeitei um comentário que fosse. Também não percebo (e não gosto), o que leva uma pessoa a fazer um comentário que não assina ou a passar pelo blog, ler e não comentar nada de nada. O sitemeter, que é o contador de visitantes que está ali do lado direito, permite-me ver o número de pessoas que passam pelo meu blog por dia e o número de pessoas que cá vêm (pelo mesmo computador) várias vezes ao dia. Não se assustem porque eu não sei quem vem, sei somente o local de onde é acedido o blog. Estava eu a dizer, não compreendo porque razão há pessoas que diariamente frequentam o meu blog e nunca fizeram qualquer tipo de comentário. Não estou, é claro, a dizer que acho que devem comentar sempre, longe disso... Porque eu gosto de receber comentários será assunto para outro post, uma vez que agora não me está a apetecer dissertar sobre o tema.
Agora estou morto de fome. Nem quero pensar se e levanto daqui e não tenho nenhum pacote de bolachas de aveia do Lidl para comer...

Beijos e Abraços

12 comentários:

melocoton disse...

És mesmo engraçado. Uma das primeiras coisas que faço quando me levanto é ver emails, blogs, msn e coisas afins...E....fico sempre com a mesma sensação. O resto do mundo deve andar muito ocupado para não escrever nada de novo ou vem aqui cuscar e não escreve nada de nada. O resultado desta sensação é: também nada escrevo e penso o mesmo por ti referido....
Por acaso, uma das vezes que entrei no teu blog, comentei, mas o meu pc anda tão marado que não deve ter gravado e enviado....mas isso eu confirmei ctg, logo a carapuça é demasiado pequena para a minha cabeça.
Acho que deves andar a stressar com alguém ou alguma coisa para escreveres este post, se bem que eu entendo.....comportamento normalissímo num gemeniano!!!!!
:):):):)

SRRAJ disse...

Lol, como eu te compreendo ... Ainda ontém te moí o juízo por há séculos não escreveres nada aqui, quando "gentilmente" me chamaste a atenção para o facto de eu estar mais em falta do que tu.
Mas que queres tu que eu faça? Ando entretidérrima, ora a ver testes, ora a namorar, e nos intervalos dá-me uma preguiça daquelas ...
Beijo grande
Sandra

Kika disse...

Ai...tenho eu de vir chamar o nome às coisas!
Dou-me a cada trabalheira!
Nesta tua rabujisse será que tu não te referes a pessoas do teu dia a dia, presentes ou passadas, com as quais foste ou és próximo, com a qual estabeleceste um relacionamento, (entenda-se o sentido lato do termo e não se remeta para questões sentimentais, porque não é de todo o que quero dizer ) mas que no fundo querias, gostarias e acharias que deveriam dar opinião? Dizer qualquer coisa?
Deixar um olá? Elogiar ou desancar?
Eu acho que é isto que queres dizer.
Pessoas próximas que se alimentam desta forma de dados sobre a tua pessoa, mas que não deixam nada em troca.
Cuscos, pura e simples...
Porque sendo isto um pouquinho de nós faz sentido que quem está à nossa volta nos fale deste espaço, senão comentando aqui, pelo menos de viva voz.
Por mim falo e digo-te que me sinto um pouco "violentada" na intimidade quando pressinto que isso acontece lá no meu espaçozinho.
E com pessoas que são dos meus relacionamentos.
Porque os anónimos que me visitam e nada dizem, não me causam qualquer tipo de sentimento deste.

:(

Beijo

Andarilho disse...

P/ Melocoton e SRRAJ: Claro que a carapuça não vos serve até porque nem estava a pensar em ninguém em especial quando resolvi escrever o post. Foi só uma constatação depois de ter feito a minha diária visita aos blogs que frequento. Quanto aos comentários (ou ausência deles), a minha opinião logo a dou um dia destes. Talvez faça um post dedicado a este assunto.

Beijo para as duas.

Andarilho disse...

P/ Kika:
Vê lá como tu és e como dás demasiada importância a quem não deverias dar. Ambos sabemos que lê assiduamente tanto o meu BLOG como o teu espaçozinho mas julga que passa despercebida. (viste o pormenorzinho das letras maiúsculas para desigar o meu blog e a forma minuscula como designei o teu??? Que engraçaaaaaaaaddddddddddddoooooooooo).
Como respondi à melocoton e SRRAJ não estava de facto a pensar em ninguém em especial ao escrevê-lo.

Bj

Anónimo disse...

sou uma das pessoas que lê e nao comenta. Não é por mal.preguiça de escrever. não saber o k dizer.. são varios os motivos. não quer com isso dizer que não li, que não gostei ou até mesmo que não me tenham feito pensar...
também não sei se os comentarios serão os mais correctos para quem os recebe. Tenho dificuldade em exprimir por palavras as coisas que gosto mais de falar. sempre fui assim... mais conversadora do que escritora..
continua a escrever e desculpa se nem sempre comento..
mas é raro não visitar o teu blog.. serás sempre o meu amigo virtual..
obrigada

Andarilho disse...

P/ Anónimo:
Continuo sem perceber o que te faz não assinar o comment.

Os comentários são sempre correctos para quem os recebe, ainda que expressem opiniões diferentes. É para isso que existem.
Beijo.

just me disse...

Adorei o post, talvez por compartilhar da mesma opinião que tu. Tal como a melocoton e a srraj, também me pareceu que estavas a mandar alguma (in)directa... mas se dizes que não, eu acredito.
Ter um blog é, de certa forma,como se estivessemos a abrir um porta/janela lá da nossa casa e mostrar aos vizinhos, ou a quem passa na rua, o lado mais íntimo da nossa vida, que de qualquer outra qualquer forma não gostaríamos de ver ser "invadida". Por outro lado, os nossos amigos, esses sim, merecem que nós os abrimos a porta e os deixemos entrar, partilhando as várias divisões da casa...
Isto tudo para dizer que, por um lado, compreendo o facto dos "vizinhos" ou "os que passam na rua" gostarem do que viram, interessaram-se pela visão e querem continuar a ver, mas sem sentirem que estão a invadir a tua privacidade... uma vez que até não te conhecem ou apenas te viram uma ou duas vezes... E assim, desapercebidamente, passam pela tua "casa" mais vezes, na ânsia de bisbilhotar e te conhecer um pouco mais, sem darem muito nas vistas...
Por outro lado, não lhes custava nada "tocar à campaínha", pois sei que tu os irias receber de braços abertos!

Bjs

P.S 1 - Um conselho/pedido: abre mais vezes a "porta" para nos deixar espreitar lá pra dentro mais vezes a miude...

P.S. 2 - Talvez faça "copy, paste" deste post para pôr no meu blog, mas tirava o último parágrafo...não gosto de bolachas de aveia! (ou melhor, obrigo-me a não gostar)

just me disse...

Ah... e já agora... não tens vergonha dos números do "arquivo do blog"? SIM, do TEU blog!!!! Lendo de baixo para cima, o número aumenta de 12 para 20 (obrigatório), a partir de Fevereiro(exclusivé), o número desce drasticamente de 15 (aceitável) para 7, 5 e 4... (não, naõ é inaceitável, é mais decadente!). Talvez te faça um gráfico para perceberes melhor...

Eu tinha vergonha!!!

Bjs

Andarilho disse...

P/ Just me:

Eu não me sinto invadido na minha privacidade por lerem o meu blog. Aliás, como bem sabes, conheço as pessoas e em menos de nada vou logo contando a minha vida toda. Ainda eu praticamente não sei nada da outra pessoa e já a pessoa sabe tudo de mim. Também, é certo, que aqui eu conto o que me apetece e estou consciente que estou a ser lido. Muitas vezes aquilo que sinto, quando de facto me interessa muito, é muito filtrado. Nessas alturas eu exponho-me aqui muito pouco. Tu, que lidas comigo todos os dias sabes disso e sabes perfeitamente o motivo das descidas dos números do arquivo do blog. Mas também estás a ver que os números estão a subir de novo :)
De qualquer forma eu cada vez me sinto mais em casa aqui no blog e não ligo muito aos outros eventuais leitores que não conheço de lado nenhum. Esses nunca condicionam a minha escrita.

Já tu, só agora é que finalmente te dedicaste ao teu blog:):):). No início, a frequência de "postagens" é que era uma vergonha! LOL

BEIJO

just me disse...

A última palavra tem de ser sempre tua... ou por outras palavras, tens de ficar sempre por cima...

Andarilho disse...

P/ just me:

;)

Beijo