terça-feira, 22 de julho de 2008

AMSTERDAM
Estou meio à pressa, vou logo avisando. Nem sei o que estou aqui a fazer na net a umas horas destas.
Vou resumir o dia de hoje.
Cheguei ao aeroporto de Faro para apanhar o voo para Londres. Em Londres depois teria o voo para Amesterdão. Depois de várias confusões que arranjei logo no aeroporto de Faro, acabei por entrar no voo que estava atrasado uma hora e meia. Este voo teria ligacão com o de Londres se tivesse partido a horas. Enquanto ia a caminho do aeroporto de Faro tive um pressentimento que me ia acontecer o que aconteceu. Devido ao atraso, perdi o avião para Amesterdão. Foi uma correria para ver se chegava a horas mas não tive hipóteses. Desde não terem deixado fazer o envio da mala directo, ter que fazer o checkout quando cheguei a Londres até o ter que atravessar o aeroporto de uma ponta à outra desde o terminal norte até ao terminal sul, foi um horror. Quando cheguei, tinha perdido o avião por 5 minutos. Lá fui ao terminal da companhia aérea fazer a reclamacão e deram-me outro bilhete para o voo seguinte. Espumei mais 2 horas em Londres, fui ao Marks and Spencer comprar umas sandes para comer que não tenho a menor ideia de quanto me terão custado. Os precos estavam todos em Libras, eu não sabia o cambio e nem estava para saber.
Por pouco não voltei a perder outra vez o avião. Andei passeando e quando resolvi entrar na zona de embarque já estava em cima da hora, nem tempo tive para ver o freeshop em condicões.
Dormi no avião, quando acordei, pensando que já tinha chegado ia tendo um ataque quando verifiquei que nem partido ainda tínhamos. Havia muito tráfego e por isso o avião partiu de Londres com uma hora de atraso.
Cheguei a Amesterdão e foi outra carga de trabalhos para chegar ao hotel. Tinha-me esquecido de imprimir as instrucões com a direccão. Fui ao posto de turismo, disseram-me como fazia, apanhei um autocarro, andei a pé e cheguei são e salvo. Estavam a preencher os papéis de checkin no hotel duas espanholas. A seguir fui eu a preencher, fui meter as coisas no quarto e voltei a sair para jantar com um mapa e as indicacões do homem da recepcão. Perto do restaurante que ele me indicou (na zona de restaurantes da cidade) encontrei as espanholas. Meti conversa com elas e resolvemos que iríamos jantar os 3. São de Málaga, uma chama-se Vanessa e é professora e a outra chama-se Susana e serve num bar mas entretanto resolveu voltar outra vez a estudar. Tem 29 anos. Acharam que eu tinha a idade delas. LOLOLLLLLLL
Estão encantadas comigo, é claro. Já me perguntaram se amanhã podem andar comigo, claro que disse que sim. A Vanessa está no meu quarto, a Susana está noutro sozinha. Sozinha é como quem diz, tem mais quatro homens. Chorei a rir quando ela viu que estava no meio daqueles homens todos. Não fala nada de Ingles, é pior que eu. LOL Estou sempre a gozar com ela por causa disto.
Tenho que vagar a net. Até...

BEIJOS E ABRACOS

Nota: Este teclado não tem alguns acentos e c com cedilha... :(

6 comentários:

melocoton disse...

Nem imaginas como estou feliz por ti, por andares por aí...e ao memso tempo por saber que vais escrevendo "o teu diário de bordo". Acho que se estivesses com alguém, tipo eu...certo, não te divertias tanto.
Aproveita migo....e bons momentos

Ana GG disse...

Ai ZÉEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!
Que alegri me deste, ao abrir o teu blog só por descargo de consciência e descobrir que já tinhas chegado SÃO E SALVO. As tuas peripécias de viagem, nao foram novidade uma vez que as acompanhei de perto (longe).
UFFFFF...é que, embora não pareça, gosto tantoooooooooo de ti (digo-te isto porque estás longe)...só ficava descansada quando desses notícias!
Até sexta e diverte-te muito com as tuas novas espanholitas (porque será que a Espanha se atravesa tanto nos nossos caminhos!? ;)

BEIJOS, desta vez dos meus, mesmo GORDOS!

Bé disse...

Não sei porquê,mas tinha quase certeza, que arranjarias um tempinho,para um post no teu primeiro dia.
E acertei em cheio.
Sem perderes tempo,arranjaste logo duas!Olé!!!...Looool
Diverte-te!
Bjs

Andarilho disse...

P\ Melocotom:
Claro que também de divertiria contigo, seria era diferente. Quando estamos em viagem sozinhos tornamo-nos muito mais abertos às novas coisas e às novas pessoas que vamos conhecendo.

P\ ana gg:
Pois que descobri que temos de estar longe mais vezes. Só assim me dás valor. LOLOL
Está um frio de rachar aqui, esqueci-me de dizer no post. De dia aguenta-se bem de chinelos e calcões, de noite tenho que andar na mesma assim (para não sujar logo as únicas calcas que trouxe), mas com frio... (Óbvio que dá os devidos descontos à minha expressão "rachar de frio", sabes que sou dado a exageros).
Esqueci-me de um monte de coisas que vou dou dando conta à medida que vou precisando delas. É o que dá não ter feito a listinha habitual. :(
Beijos

P\ Bé:
Pois, não perco tempo. LOL
Agora escrever aqui no blog nào sei com que frequencia o farei porque não tenho muito tempo para estar na net. Além disso perco muito tempo a escrever porque o teclado é diferente do nosso.
Beijos

SRRAJ disse...

Fico feliz por teres chegado são e salvo a Amsterdão. Não sabia que o vôo não era directo. Tenho pavor desse tipo de vôos por imaginar que podem dar chatices do tipo das que te aconteceram a ti. Era logo motivo para eu "amuar" não sei quantas horas.
Boas férias.
Beijo e saudades.

Andarilho disse...

P\ SRRAJ:
Como comprei os voos pela net para ficarem baratos, nem tudo pode ser assim t~ao certinho. De qualquer forma pensa que isto assim 'e sempre mais giro, sao este tipo de coisas que fazem uma viagem com coisas para recordar.
Bjs