quinta-feira, 31 de julho de 2008

DE VOLTA...

 

... E ...

 

... DE PARTIDA...

 

 

;)

8 comentários:

Bé disse...

Por cá te espero...
Boa viagem!

Beijos

Anónimo disse...

Olá, Andarilho!

Bons olhos o vejam (para quem pode), já que lê-lo é impossível. ;)

Mas que rica vida a sua, sim senhor!!!!! Mal acabou de chegar e já está de novo de malas aviadas. Bolas!!!!
Fez boa viagem de regresso? E que peripécias lhe aconteceram desta vez. Vá lá... veja se arranja tempo e paciência e conte!!! Estou curiosa.
Calculo que agora irá para fora, cá dentro, ou será que não????
Não é por mero acaso que o seu "nick" é Andarilho. Pois sempre lhe digo que lhe assenta na perfeição!!!! Até parece que tem asas em vez de pés.

Espero poder voltar a lê-lo em breve, porque me apetece.

Até...


P.S. Amanhã regressamos a casa. O mar, a areia, o por do sol atrás do horizonte e o voo baixo das gaivotas ao final da tarde morna, ficam para trás... A minha pele mudou de cor. Está agora com um tom achocolatado. Apetece-me voltar a sentir os cheiros da minha casa (sabe-se lá porquê???) mas sei que vou sentir saudades destas duas semanas...

Andarilho disse...

P/ Bé:
Bem podes esperar... ;) Possivelmente para a semana irei ter contigo :)
Bjs

P/ Anónima:
Amei a sua descrição no P.S.. Apetecia-me estar nesse cenário...

Não imagino férias de Verão em casa. Talvez porque desde miúdo me tenha habituado a sair e voltar só em Setembro. Só que agora volto dia 1 de Setembro e antes voltava quase em Outubro :) É o que dá crescermos e termos de trabalhar.

Ainda não parei desde ontem, estou agora em Odeceixe. Vou ver se arranjo tempo de meter algumas fotos no blog hoje. Se não, logo meto amanhã.

Bjs (continuo a dar sempre, como lê! ;))

Anónimo disse...

Andarilho...

Gostei de saber que está de volta e que a sua vida é uma "Agitação". Deve ser fantástico poder viver assim...

O cenário que descrevi no P.S., nada tem de especial. A única diferença poderá estar apenas nos olhos de quem o vê e na forma como o sente. Afinal, creio que este cenário sempre fez parte da sua vida. Como o tem ao alcance, ao longo de todo o ano, é possível que lhe seja de tal forma familiar que nem repara nele com "olhos de ver" e "sentidos de sentir". Eu, como estou longe da costa e apenas durante a férias de Verão posso "saborear" tudo aquilo que só a praia e o mar oferecem, talvez o descreva de um jeito mais "sensorial".

Na verdade gosto muito do tom que a minha pele tem agora. Irá desvanecer-se com o passar do tempo, mas faz-me sentir bem, enquanto dura...

Tenho alguma curiosidade em ver as fotografias. Não se esqueça de que foi através dos seus olhos que pude viajar. :)

Até...

Andarilho disse...

P/ Anónima:
Eu sou mais atento a essas coisas do que se pode pensar à primeira vista. Gosto muito de viver o momento e sou muito observador desses momentos. Acho que a idade trás destas coisas.
Bjs

Anónimo disse...

É verdade, Andarilho, a idade trás algumas coisas fantásticas, especialmente no que se refere à sensibilidade a certas coisas. No entanto, também perdemos outras que jamais recuperaremos. Importante mesmo é viver um dia de cada vez e valorizar tudo o que de bom acontece, por mais insignificante que pareça.

Até...

Andarilho disse...

P/ Anónima:
Eu procuro fazer isso sempre.
Bj

Anónimo disse...

É bom saber isso...