segunda-feira, 8 de setembro de 2008

PROCURA-SE
(VIVA, DE PREFERÊNCIA)...

 
Sábado à noite esteve cá em casa uma amiga que me disse que o namorado conhecia muitas pessoas e disponibilizou-se para lhe perguntar se arranjava alguma namorada para mim. Logo fiquei preocupado porque eu tenho 1001 requisitos. Pediu-me para fazer a lista e eu prontifiquei-me de imediato. Basta imprimi-la, mostrá-la ao namorado e dentro de 3 dias (pelas minhas contas) estarei compromissado. Aqui está ela:
- Mais baixa do que eu (se não tiver menos de 1.72m, nada feito);
- Mais de 30 anos (detesto miúdas);

- Feminina (obrigatório);

- Goste de conversar (se eu adoro, não falo com portas, dá-me seca...);

- Goste de beijos (eu estou sempre a dar, logo não se pode fartar);

- Pescoço comprido (gosto, o que se há-de fazer???);

- Sentido de humor (imprescindível);

- Que não me saia da cabeça (de dia e de noite);

- Maluca (detesto gente certinha);

- Trabalhe para viver e não viva para trabalhar (tem de que ter tempo para mim);

- Que me provoque uma ansiedade doida quando não está comigo;

- Tem que adorar praia (pooooiiiissss, se eu não me canso de praia, era bom que também não se cansasse... digo eu...);

- Não pode viver sem viajar (comigo);

- Que não me diga sim a tudo (não gosto de moscas-mortas);

- Não tenha medo de animais (precisa de me defender deles);

- Que durma sempre comigo (mesmo quando estou sozinho);

- Gira (mais na conversa, do que propriamente na parte física);

- Espontânea (não pode pensar muito nas consequências daquilo que diz ou faz. Para pensar demais naquilo que não é suposto, estou cá eu...);

- Tem que ter iniciativa (não gosto de ser eu a decidir sempre tudo o que fazer: cansa-me!);

- Conseguir dar-me a volta (isto sim, é que é o pior de tudo... Aviso logo!! De início até acho piada, o pior é depois... :D);

- Capacidade enoooooooooorme para aturar as minhas "INVENÇÕES" (estou sempre a inventar coisas novas. Odeio tédio. Às vezes as pessoas querem sopas e descanso, eu não dou... poissssssss);

- Que me prenda com o olhar (adoro um olhar e também, embora nem tanto, os olhos);

- Tem que adorar rir (por tudo e por nada, mas nunca rir por rir, não aquele riso parvo sem jeito nenhum);

- Psicologicamente estável (que não seja dada às novas modas de ter depressões, só porque fica giro ter-se. Por outras palavras: démodé neste aspecto);

- Cabelo...

Reparei agora!! Está um bocadito extensa, a lista??? É que eu estava ainda no início...
Será que não EXISTE ninguém assim???
Eu sei que sim! ;)
BEIJOS E ABRAÇOS

Nota: Encontra-se uma pequena amostra dos meus defeitozitos aqui, ou seja ali, carregando na palavra "aqui". É uma pequena lista, eu sei, mas é melhor que nada. ;)

23 comentários:

Charlotte disse...

Imagino que saibas que não adianta fazer listas, e que os arranjihos são um desastre. E porquê? Porque a piada do amor, a magia das relações, estão no espontâneo, no inesperado. Das poucas vezes em que o Cupido me acertou (porque eu também tenho 1001 requisitos) foi quando eu andava distraída.

De qualquer forma, boa sorte com a busca. Pode ser que o inesperado aconteça. :-)

kitty disse...

Um bocadinho extensa sem dúvida! E adorei a parte e que dizes que tem de ser um bocadinho maluca. Essa é uma das coisas que mais adoro na minha relação, nunca nada é certinho nem previsível porque somos os dosi "malucos", e isso é óptimo porque faz-nos rir imenso! Vais ver que vais encontrar alguém em quem não procuras todos esses itens e que vais aceitar.

melocoton disse...

Até podia não ter nada disso, mas simplesmente te apaixonares.......
Criativo lá isso és.

just me disse...

Por pouco, e por não ter lido o parágrafo inicial, pensei que estivesses a falar da minha pessoa!!!... LOL!... Já me estava a preparar para agradecer... Agora que li tudo de forma mais atenta, percebi que se estivesses a falar de mim, estarias a fazê-lo de forma muito (mas mesmo muito) modesta!!! :P

Agora a sério... Concordo com a charlotte, não deves andar à procura de uma pessoa à força... deixa que a vida (ou destino, para quem acredita) te conduza a alguém que poderá não terá todos estes requisitos, mas que no fundo também se enquadre... nem que seja porque o teu coração assim o aceite...

Tenho a sensação de que já te tinha dito isto... embora tenha percebido que a tua intenção ao escrever este post não tenha sido unicamente para publicar um anúncio do tipo "homem solteiro procura mulher jovem para um relacionamente sério..."

Quanto ao tema/forma de escrita do post, ADOREI (ou AMEI, como preferires)!!! Só mesmo tu para me cativares e fazeres me vir espreitar o teu blog diariamente (o qual recebe mais visitas minhas que o meu), estava a gostar de ler a tua listinha e estava curiosa acerca do cabelo e itens seguintes e....... vá, vou parar ... que já sinto alguma baba a chegar-me cá ao teclado!!!

Bjs :D

Bé disse...

Fazer uma lista tem a sua graça!
Só te resta esperar...
Vou logo avisando,que não faço parte dos teus requisitos,até porque o meu pescoço é curto,Looooooolll!!!
Beijos

Andarilho disse...

P/ Charlotte

Imaginas muito bem. :)

É claro que nunca me passou pela cabeça arranjar quem quer que fosse através de um post deste tipo. Sempre achei ridículos aqueles anúncios de jornais onde se procura namorada (para fins sérios ou pouco sérios). Isto foi, como muita coisa do que escrevo no blog, uma brincadeira.

É isso mesmo que tu dizes, nós só nos apaixonamos quando andamos distraídos.

Beijos

P/ Kitty:

Acho que todas as características que escrevi, é mesmo essa a que eu acho das mais importantes. Talvez porque eu não me imagino mesmo com alguém em que não aconteça o riso provocado por parvoíces (eu sou perito em fazê-las, mas adoro quem me supera), essencialmente de disparates do dia-a-dia.

Se eu encontrasse alguém com todos estes itens, não tenhas dúvida de uma coisa: não me apaixonava! (O encontrar, pressupõe procurar e se se procurar não se encontra e além disso acho ridículo fazê-lo.)

;)

Beijo


P/melocoton:

É isso!!!!!!!!!!!!!!! Acho que foste a pessoa que melhor percebeu o post. :) :)

Não são tidos em conta pré-requisitos quando nos apaixonamos. Depois é que eventualmente sentimos a falta deles. No início nada do que eu escrevi importa.

Giras (fisicamente) eu até vou encontrando… O problema é achar-lhes depois piada. Ninguém de jeito. LOLLLLLLL

Beijos

Bé disse...

Não sei se foi intencional,ou se por puro esquecimento,mas fiquei um pouco amuada,pois é,é que não tive direito a uma resposta, e fiquei triste claro,será porque tenho pescoço curto???Paciência,cada um tem o que tem.
E como cada um tem o que merece,não mereci resposta,ok.
Bjs

Andarilho disse...

P/ Just me:

Esse “agora a sério”… “não deves andar à procura de uma pessoa à força” acabou comigo!!!! Então tu, que me conheces, achas mesmo que eu me iria meter à procura de quem quer que fosse?? Achas mesmo que eu sou de andar atrás de alguém??? Não preciso disso (o modesto-mor acabou de falar) e tenho mais que fazer. Claro que muitas vezes acho piada, mando este ou aquele piropo, mas daí até “estar atrás”, convenhamos que ainda vai um bom bocado.

Quanto ao tema do blog, nunca é indiferente a ninguém, sendo eu um gajo sensível (como diz uma amiga, já não há gajos como antigamente, agora deu-lhes para serem sensíveis), aproveitei a oportunidade para falar (mais uma vez) dele. Quanto à forma de escrita, é óbvio que não adoraste, claro que preferi o “amaste” (é mais intenso e mais apropriado ao que te referes LOLOLLLLLLL).

Quanto às características que se seguiam, claro que existem… Estas que coloquei aqui são as mais comuns dentro daquilo que me atrai. Claro que são todas relativas, mas há duas características de que eu não abdico (uma delas é física, a outra não). Essa “não física” não era uma coisa que sequer tivesse em conta antigamente. Hoje é, para mim, de grande importância e que provoca um afastamento quase que instantâneo se a pessoa não a tem. Não passo outra vez pelo mesmo… Isso é que não… ;)

BEIJO

P.S. Já te disse que detesto gente que utiliza a expressão “babar”??? Por exemplo, “pai babado” é uma coisa horrível de se dizer, ou “babar para o teclado” é outro exemplo… Dá-me sempre uma ideia de algo repugnante. Poiisss. Eu sei que sou esquisito (mas também sei que me adoras, é o que me vale ;))


P/ Bé:
Claro que não foi esquecimento!!!

Claro que te ia responder! Eu respondo segundo a ordem pela qual os comentários são feitos. O que acontece é que às vezes entusiasmo-me nalgumas respostas e quando dou por mim, tenho coisas para fazer (no caso foi sono e por isso tive de dormir meia hora) importantes e deixo depois as respostas seguintes para depois. Aqui no meu palácio, todos têm resposta. É a minha forma de agradecer o facto de me terem dado o feedback daquilo que escrevi. Ontem tive 59 pessoas que acederam, de computadores diferentes, ao meu blog (não estou a contar com aquelas que apareceram e voltaram à página várias vezes ao longo do dia) e só 5 comentários. Simplesmente fiquei sem feedback, não sei o que acharam… :(

Não tens pescoço comprido???? AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII… que tragédia!!!
Sabes, tens outra coisa que eu dou mais importância e que vi agora. Refilas!! Detesto a passividade nas pessoas.
;)

Beijos

Bé disse...

Não te entusiasmes,pois sou refilona,por demais!!!
Reconheço e sou reconhecida por tal,gostava de ser mais pacifica,(eu bem tento)mas a minha impulsividade não me deixa.
Enfim...
Como viste refilei,cedo demais.
Bjs

Silvia F. disse...

Achei muita piada a este teu post!
Se começasse a fazer uma lista dos atributos que considero essenciais nunca mais acabava hehehehe

Desde que me conheço como gente tenho fantasiado como seria a pessoa ideal, tenho encontrado muita gente interessante MAS quem é que acabo por escolher, quem? Um tosco, panasca, canastrão com problemas psíquicos... nada a fazer! Já deve ser minha sina!
Por isso já desisti, bolas!
Homens... longe! ;))

Beijinhos

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Andarilho disse...

P/ Silvia f.
Olá :)
Quem não tem listinhas de atributos
que considera essenciais??? E quem os tem em conta quando se apaixona? A paixão não pode ser racional, quando se torna, estraga-se tudo.
A piada está mesmo aí, no inesperado.

Beijinhos

P.S. Como tu gostas, aqui vai a resposta em caixinha separada. ;)

Andarilho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sorrisos em Alta disse...

Pelo contrário, estás a baixar IMENSO o teu nível de exigência.

Assim de repente, até a porteira do meu prédio cumpre esses requisitos...
;o)

Abraço

Andarilho disse...

P/ sorrisos em alta:

Não em problema. Como vês, estou já por tudo. Ela que se apresente no casting. O dia e hora, depois digo-te.
;)
Abraço

Vanessa Antoniassi disse...

Poxa hemm!!!

Voce es muito exigente!!!!

Mas pode ter certeza que existe alguem assim!!!!

Obrigada pela visita e pelo comentario no meu blog!!

BjO

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
melocoton disse...

a minha alma está parva.....o teu blog está a ser muito frequentado.....hummmmm, será pelo autor( andarilho), da sua simpatia ou do assunto aqui abordado!!!!!

Andarilho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kika disse...

Cucussssss!

Sabes tu que já simpatizo com a moça e ainda não a conheço?

Beijo!

Andarilho disse...

P/ Kika:
Coincidentemente eu amo de paixão (e também ainda não a conheço).

beijo

ANDARILHO disse...

P/ vanessa antoniassi:

Pela forma como escrevi até pode parecer isso, mas não, sou muito pior.

Eu também acho que existe alguém por aí à minha espera. Não sei é se depois quero mudar a minha vida. Gosto da que tenho e não sinto vontade de a alterar. Mas quando nos apaixonamos tudo muda. Às vezes apetecia-me, outras vezes não. ;)

Beijos


P/ melocoton:

Por tudo!!! Não percebo a surpresa. LOLOLLLLLL

Há temas que todos gostam, este é um deles. Se reparares na blogosfera, este deve ser um dos mais abordados pelos bloggers. Este e o sexo, é claro. Tenho que abordar esse também um dia destes. ;)

Bjs