segunda-feira, 24 de agosto de 2009

BAR DOS COMUNAS
Há umas duas semanas, mais coisa menos coisa, encontrei a minha tia aqui por Odeceixe que me disse para à noite ir ter com ela e com os amigos ao “bar dos comunas”. Nem eu sabia que aquela casa era um bar. Pensava eu tratar-se de uma casa do partido. Fui lá ter à noite e dou com ela sentada num sofá super vintage, giríssimo e que era da minha casa daqui de Odeceixe. Apesar de eu ter dito aos meus pais que queria ficar com ele, não fizeram caso e deitaram-no fora. Pois ali estava ele, com a minha tia sentada a beber uma caipirinha!!! Os meninos não quiseram ficar e acabei por sair tendo ficado de olho naquilo.
Ontem chegou o dia!!!
Apesar de eu não ter estado cá sozinho depois dos miúdos terem ido passar uns dias a casa dos avós, a minha companhia não quis lá entrar. Olhou de fora e não gostou… Ontem a Kika veio cá e eu aproveitei. E o giro que aquilo é? Um barzinho pequenino com coisas sem terem nada a ver umas com as outras mas tudo vintage, uma parede vermelha e um monte de quadros e cartazes alusivos ao PCP. Pedi uma caipirinha para mim e um mojito para a Kika. Não tinham nem limas nem gelo mas iam arranjar e já voltavam. Passado um bocado veio a rapariga dizer-me que não tinha encontrado limas em lado nenhum e eu, que tinha em casa, disse que podia ir buscar. Ela disse logo para eu ir buscar todas as que tinha e lá fui eu, enquanto ela ia buscar o gelo não sei onde. O bem que me soube aquilo. Melhor soube no fim só ter pago uma das bebidas por ter trazido as limas de casa e ainda assim cada bebida custar só dois euros. Hoje decidi que ia para lá à noite. E assim foi. Por volta das 22.30h lá estava eu dizendo “olá” e a pedir uma “Mini”. Depois sentei-me ao lado da minha amiga que vende na praça. Entretanto vieram-me os medos que me começassem a perguntar se eu era filiado e coisas assim relacionadas com o PCP. É que se tratam todos por camaradas. Eu já nem olhava bem para o pessoal. O pavor que me dissessem “camarada isto e aquilo” e eu a sentir-me a defraudar tudo e todos… Entretanto estava à espera que aparecesse um gajo que eu já tinha visto anteontem na praia e que ontem lá estava e nada dele aparecer. Acabei por me raspar de lá… Gosto do ambiente daquilo. Estou capaz de ir a correr filiar-me no PCP para poder entrar sem receios de me perguntarem o que quer que seja. Pois que gostei, o que hei-de fazer? Amanhã volto outra vez! De maneiras que a minha vida é isto. Compras de manhã, praia de tarde e bar dos comunas à noite…
BEIJOS E ABRAÇOS

10 comentários:

bé disse...

A foto revela uma imitação perfeita,de um verdadeiro camarada...
E mais uma vez,desencantaste algo,que por sinal não é mau,mojitos e caipirinhas a 2€,só mesmo para camaradas!
Continuação de boas férias.
Beijinhos

melocoton disse...

hummmmm, está a crescer água na boca. Se não estivesse tão longe, ias ver se eu não apareceria aí, à noite, apenas para te fazer companhia no bar. Esquece lá essa coisa do "camarada e coisas afins" e desfruta do espaço....afinal de contas...´´e tudo do povo!
bjs
diverte-te

SRRAJ disse...

Agora já percebo a mudança de visual ;-) Andarilho Che Guevarra

ANDARILHO disse...

P/ bé:

Foi o que eu mais gostei mesmo... os preços! ;)

Bjs

ANDARILHO disse...

P/ melocoton:
Estou à tua espera à porta do bar!
;)

ANDARILHO disse...

P/ SRRAJ:

Eu não dou ponto sem nó! Tenho tudo pensado!
:)

Madame Butterfly disse...

Já estava a desesperar com falta de notícias tuas! Uma pessoa fica sem falar contigo uns dias e pronto, quando volta vai dar contigo enfiado em bares comunas!

Olha, tira lá uma foto ao sofazinho vintage que fiquei curiosa, ok?

Beijinhoooooooooooooooooooooos!:)

ANDARILHO disse...

P/ Madame Butterfly:

Parece-me que ontem ficaste com notícias minhas até de sobra. Quanto à foto do sofá não vou tirar porque tem sempre gente lá sentada e o bar é mesmo pequenino. Depois mostro-te a versão em grande do sofá que tenho em Portimão.

Beijo

Kika disse...

Uma amor a Kika, não?

:)

ANDARILHO disse...

P/ Kika:

Por vezes, quando é do interesse dela...

:)