quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Tenho levado a vida com a cegueira de ter uma máquina de barbear. Sempre tive a sensação que seria uma porcaria, que a barba ficava melhor feita com gilete, que os pêlos encravariam e uma série de outros inconvenientes. Até ficava a pensar a razão de, com tantos inconvenientes, haver pessoas a comprá-las. Depois as máquinas são um dinheirão. Vai que eu comprava e depois não gostava. O valor do meu património que ficaria ali empatado. Outro problema ainda tinha que ver com o tipo de máquina. Há umas com umas rodinhas giratórias (tipo tira-borbotos) e outras que são uns rolinhos que não sei bem como funcionam.

No domingo, assim do nada, sem sequer vir a propósito, lembrei-me que iria aos chineses ver o material que havia. No mesmo instante resolvi sair de casa em pânico que, por ser Domingo as lojas deles estivessem fechadas e assim sendo, teria de investir um horror de dinheiro na worten ou outra do género que estivesse aberta. É que quando se me mete uma coisa na cabeça, tem mesmo de ser nesse dia, nem pensar em esperar pelo dia seguinte. Estavam abertos! Levei 20 minutos no mínimo de frente para a prateleira onde se encontravam as máquinas a ler tudo o que dizia no pacote, a ver as possibilidades e os preços. E saber de que tipo comprar? Quando começava já a dar mau aspecto por eu não sair dali de frente da estante e já com a chinesa dona da loja especada a olhar fixamente para mim para ver o que eu andava a fazer, resolvi pegar em três modelos e dirigir-me a ela para perguntar qual era a melhor. Olhou para mim e respondeu-me que não percebia nada daquilo por razões óbvias e eu, já sem coragem de voltar a ver tudo outra vez, agarrei numa qualquer e fui pagar. Pensei, por 9,50 € não deve ser assim nada de muiiiiiiiiiiito bom mas, por outro lado, deve dar para ver como funciona e se não gostar também não gastei assim nada de especial.

Cheguei a casa e abri logo a embalagem e fiquei a olhar para aquilo. Resolvi procurar as instruções e ler as que estavam em Português. Sim, havia instruções em tudo quanto era língua, inclusivamente em Português! Ora vejamos então o que diz, pensei eu!

 

Uso: tira a cobertura e empurra a interruptor. Suavemente toca tua pele e move em o contrario crescimento direcção das barbas lentamente. Se tu estiras tua pele firmemente, tu posso obter efeito melhor. Uma vez o rapando é excessivo, empurra a interruptor imediatamente e cobre ele com a cobertura.

Manutenção: Empurra o interruptor e decola a cobertura. Altera abaixo o cortador exterior em o balcão em sentido horário direcção e tira o cortador interior. Limpa as bardas em o cortador exterior, cortador interior e o corpo (uma vez por semana). Após limpando, instala o cortador interior e o cortador exterior e cobre ele com a cobertura. Não mud as posiçãos de 1, 2 e 3 e as direçãos de coberta para evcitar a afeição a operação normal da máquina de barbear. Não limpa o corpo com água se não ele ocorre avaria. Faze tira a bateria por seguro tratamento antes descartando o barbeador.”

Depois de ler isto tudo com a maior das atenções, restava-me passar de imediato à prática. Eis se não quando me surgiu uma contrariedade grande. Tinha resolvido 2 dias antes deixar crescer a barba o que impossibilitava, portanto, a utilização da máquina. Podia então experimentar no pescoço, já que nesta zona não vou deixar crescer. Podia, não tivesse eu feito com a gilete 10 minutos antes de me dar a cegueira de ir comprar a máquina.

Beijos e Abraços

6 comentários:

Ana GG disse...

Cá me cheira que não vais muito longe com essa máquina dos chineses.
Na pior das hipóteses podes sempre usá-la para tirar borbotos ou aparar os bigodes à Pipoca.

;P

ANDARILHO disse...

P/ Ana GG:

E cheirou-te bem! Um horror a máquina! Tive de acabar com a gilete ou gillette (nem sei, mas tb nem me importo).

Beijo

'C. disse...

máquina dos chineses? tás lixado...

melocoton disse...

Como eu te entendo. Querer as coisas na hora e não deixar para amanhã o que quer que seja.
De qualquer forma comprar máquina de barbear no chinês, não me cheira....eu não me atrevia.
Boa sorte

ANDARILHO disse...

P/ ´C.:

Pois fiquei lixado sim... :(

ANDARILHO disse...

P/ melocoton:
Eu atrevi-me, lixei-me e já resolvi o problema. Comprei outra de aparar a barba na worten. Desta última gosto muito. :)