segunda-feira, 26 de abril de 2010

Como é possível?

A casa estava toda arrumada. Tudo no sítio. Acontecimento raro, quem me conhece sabe do que falo. Bastaram vinte minutos, ou talvez nem tanto, para eu conseguir transformar tudo no caos do costume. Lembrei-me que tinha de pagar a contribuição autárquica e, como é normal, tinha perdido a carta das finanças com o valor e a referência do pagamento. Enquanto procurei consegui encher o chão do escritório de papéis, os sofás da sala de papéis, a cozinha desde o chão à mesa de papéis e ainda o hall de entrada. Só escaparam os quartos e as casas de banho porque eu tinha a certeza de que a folha não estaria por essas bandas. Mas o pior de tudo é que antes de eu ter arrumado a casa eu sabia bem onde estava a folha, no meio dos papeis que se encontravam em cima do sofá do escritório. Entretanto resolvi ir ao site das declarações electrónicas (esta expressão, “declarações electrónicas” vai trazer-me milhões de visitantes aqui ao blog, nem sei se não volte a escrever mais à frente) para procurar a declaração pois há uns dias atrás, por outro motivo, encontrei-a. Hoje não a vi. Até na confusão do site a porra da carta se tinha perdido. À bocado, ao olhar desgostoso para o desarrumo da casa, resolvi entrar no escritório para voltar a arrumá-lo. Olho para o sofá e lá estava ela, a cartinha das finanças, em cima da almofada superior do sofá para não se perder. Deste modo, visível, também não corria o risco de me esquecer de fazer o pagamento.

Bem, vou já fazer o pagamento e deixo para amanhã as arrumações.

Beijos e Abraços

6 comentários:

Madame Butterfly disse...

Fico feliz por saber que já encontraste a folhinha perdida. Encara a desarrumação da casa como um dano colateral. Prova superada!:)

melocoton disse...

como eu te entendo...
bjs

Meio Cheio disse...

Ao menos encontras-te a bela da carta...e a historia teve um profundo moral: Arrumar para quê?

Boa semaninha*

ANDARILHO disse...

P/ Madame Butterfly:

O pior é que passo a minha vida à volta de danos colaterais. São uns atrás dos outros! Lol

Bj

ANDARILHO disse...

P/ melocoton:

E ainda bem, sinto-me reconfortado. ;)

ANDARILHO disse...

P/ Meio Cheio:

Pois, o pior é que eu faço disso uma máxima de vida e depois não gosto do que vejo...

Bem-vinda. :)