terça-feira, 11 de maio de 2010

Inconveniências

Ontem de manhã ia desfalecendo quando o carteiro me tocou à porta, me disse para eu descer com o bilhete de identidade (já nem se dão ao trabalho de subir e vir entregar as cartas à porta, nós é que temos de descer) e depois de me ver, com um ar pesaroso, me informou que era uma carta registada da GNR. Deve ser alguma multa, disse ele…

Nem lhe respondi, não estava em condições, só abri a cartinha quando entrei em casa. Então e não era que se tratava mesmo de uma multa? Dizia o papel que eu tinha ultrapassado num traço contínuo, numa localidade perto da minha escola. Não é que eu não faça destas coisas quase todos os dias, mas resolvi ver bem todos os pormenores. Primeiro, aparecia uma quantia para pagar de 24,90€ quando mais acima aparecia escrito 124,90€, mas os ditos 24,90 € por extenso e na zona para utilizar o multibanco. Depois também achei estranho ser uma ultrapassagem num traço contínuo e a multa ser baixa. A seguir resolvi ir ver o dia em que se passou a suposta infracção e constatei que era num dia da semana em que eu não tenho aulas de manhã e muito menos às 8h, coisa que nunca acontece dia nenhum da semana. Pensei logo, foi engano. Vou lá amanhã reclamar. Depois pensava que era estranho terem-se enganado na matrícula e logo corresponder o engano a uma pessoa que, por mero acaso, faz aquele percurso todos os dias. Não paguei, resolvi ponderar melhor até que hoje um colega resolveu perguntar-me se por acaso a multa não corresponderia a um dia em que tive uma reunião de avaliação às 8.30h da madrugada. Aí fez-se luz. Revi tuuuuuuuudo na minha cabeça. A hora de Verão tinha iniciado no fim-de-semana, tinha-me esquecido de alterar o despertador, acordei uma hora mais tarde e tive que me deslocar a uma velocidade doida porque apesar de ter reparado que devia ter acordado uma hora mais cedo, despachei-me como se tivesse a reunião uma hora mais tarde. E quando o colega me chamou a atenção para a eventualidade da multa ter sido nesse dia eu lembrei-me que tive, porque tive, para não chegar mais atrasado do que já estava, de ultrapassar, apesar de haver traço contínuo, o carro da GNR. E eles ainda tiveram o desplante de apitar e fazer gestos com os braços que eu com as pressas, ignorei…

Beijos e Abraços

2 comentários:

melocoton disse...

ohohohoh migo.... andas almariado de todo....

ANDARILHO disse...

P/ melocoton:

Por falar nisso já nem me lembrava da multa. Vou pagar já!