quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Cortei-me ao fazer a barba hoje de manhã, tal era a pressa. Normal, não é? Como se sabe comigo a normalidade passa sempre um nadinha ao lado. O corte foi no nariz. Era sangue a pingar por todos os lados e eu a pensar como é que iria para a escola com um penso rápido ali metido. Acabei por meter um provisoriamente, enquanto estava ainda em casa, só para não me pingar sangue para o chão e para todo o lado. Quando saí, com todos os cuidados e mais alguns, retirei-o e aquilo parece que ficou resolvido. Mas não posso sequer fazer aquilo que me está a apetecer desde que saí de casa, que é mexer para confirmar se está seco. Aturo tudo.
B. e A.

Sem comentários: