segunda-feira, 21 de julho de 2014

Às vezes pergunto-me:
Depois penso. Se não fosse assim, não era ainda pior?
B. e A.

Sem comentários: