sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Na semana passada foi a de Lisboa. Hoje andei enrolado a mudar o canhão da fechadura da minha casa de Portimão. Um trabalhão, levei quase 15 minutos. Com a raiva que certas pessoas estão de mim, pouco devia faltar se enfiarem no carro e virem vandalizar-me a casa. De qualquer forma até é bom. Desta forma ainda dou mais um motivo (esta minha generosidade ainda vai dar cabo de mim) para que possam enfiar a pose de vítima, de desgraçada, de "sou-tão-boazinha-e-todos-me-fazem-mal", "eu-tão-correta-sempre-com-todos-e-fazem-me-isto" e ainda "Mas-eu-nem-consigo-querer-mal-porque-sou-mesmo-assim: boazinha." Todos caem nessa. Até ao dia.
B. e A.

Sem comentários: