sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Pois bem. Há um mês atrás resolvi provar umas calças que desde o ano passado queria comprar mas, como não tinha dinheiro, não pude adquirir. Hoje sou surpreendido com um mail a dizer que a loja estava com promoções até 50 %. Suspeitei logo que sendo "até", as minhas calças teriam uns 5 ou, no limite, 10%. Fui numa correria comprovar e deparei-me que as calças estavam com os ditos 50% e ainda por cima havia o meu número. Lá vou eu a caminho dos provadores, vestir as calças que já tinha provado. Só para ter a certeza. Começo a vestir, tudo certo, até que ao abotoar o cabrão do botão, aquilo não se apertava a não ser que eu encolhesse a barriga. Nem queria acreditar. Saí, fui buscar o número acima e estava bom. Chamei a mulher e expliquei-lhe que alguma coisa se passava com as calças porque no mês passado aquele número estava bom e que por isso só podia ser problema daquele exemplar. Teve a cara de pau de dizer que não tinha mais nenhumas com aquele número. Perante esta adversidade que fiz eu? Não comprar, comprar o meu número ou comprar o cabrão do número acima que estava bem? Pensei e decidi pelo óbvio, comprar o meu número. Bem sei que estão apertadas, mas vão alargar, a bem ou a mal. Se for necessário (julgo que não) até faço uma dieta.
B. e A.

Sem comentários: