segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Depois de amanhã entro de fim de semana. Gosto disto. 
B. e A.
Não me faltava mais nada agora. Vi-me obrigado a fazer dieta. Obrigado. Noutros tempos dizia que ia fazer uma dietazita de nada e o pessoal dizia que eu não precisava. Noutros tempos. Noutros tempos comia tudo e mais alguma coisa e não engordava. Se me descuidava um ou dois dias perdia 2 kg que me obrigavam a fazer uma dieta de engorda.
Perante o cenário atual, resolvi levar a porra do regime a sério. E não preciso de perder um kg ou os dois kg habituais (no ano passado não fiz dieta). Preciso de perder 5 Kg. Cinco quilogramas. Não é brincadeira. Andei a pesquisar e resolvi fazer a dieta dos 31 dias porque era a que me abatia precisamente o peso que preciso.
Mas está a custar-me :(
Agora mesmo, em vez de estar a enfardar uma taça inteira de mousse de maracujá, tenho a porra de uma gelatina (daquelas light, com 0% de açucar) na mão. De ananás.
B. e A.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Tenho impressão que não consigo ter o computador em condições mais do que ano seguido. Já tenho de o formatar outra vez. Instalou-se uma porcaria no Chrome que não sai por nada deste mundo. À custa disto já quase não ligo o PC. Tudo resolvo e consulto no telemóvel.
Há 6 meses que tenho uma série de coisas para guardar no disco externo e não me apetece fazer. Porquê? Porque tenho o disco todo numa desarrumação que só de imaginar meter aquilo em ordem perco logo a vontade de fazer o que quer que seja. E assim vai (continua) a minha vida.
B. e A.

sábado, 10 de janeiro de 2015

Hoje resolvi dar início à época balnear. Foi só eu chegar à praia, tirar a camisola e estender-me em calções de banho na toalha, para aparecer uma nuvem que se enfiou em frente ao sol. De qualquer forma lá estive (mais ou menos) bem.
Ao fim da tarde resolvi dar início à época de inverno, ligando a lareira. Não compro lenha há 10 anos mas, de um modo alternativo, tenho resolvido o assunto ao longo dos tempos. Há dois anos agarrei na tico-tico e serrei todos os móveis que tinha no terraço e guardei-os no sótão. E pronto, tenho tido lenha para queimar. Ainda tenho um móvel no terraço para seguir o mesmo destino. E o que estou eu a fazer aqui, no meio de um calorão? Diversas coisas. Por um lado estou há mais de uma hora a ouvir a discussão sem sentido do Luís e da Joana da casa dos segredos. Por outro estou agarrado ao computador a decidir para onde viajar. De repente percebi que no carnaval vou estar sem os miúdos e por isso com uma semana pela frente para poder ir para onde me apetecer. Estou com um problema que se prende com a falta de liquidez, que não me permite ir para onde me apetece mesmo. E possivelmente para lado nenhum, mas mesmo assim vou pensando. Então o que faço? Ando à procura de destinos "baratinhos" para o carnaval e de outros destinos "caros" para fazer lá mais para o verão.

Hipóteses para o carnaval:
- Barcelona
- Marrocos

Hipóteses para o verão:
- Índia (preciso mesmo de lá voltar para ir ao sul)
- Bali (apetece-me lá voltar)
- S. Tomé (não me sai da cabeça já há alguns anos)
- Myamar (não sei sequer ver o quê, mas apetece-me ir)
- Brasil (qualquer sítio, não precisa de ser ao RJ)

B. e A.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

O tempo passa tão depressa. Não tarda estou no fim da vida. Às vezes penso nisto.

B. e A.